Pessoas melhores fazem um mundo melhor. Esta página contém estudos espíritas. Se você está procurando entendimento de fatos do dia a dia por ótica espiritual, bom proveito, os estudos desta página da web podem te ajudar.

sábado, 5 de junho de 2010

Princípio da Ação e Reação - 15/04/2010

Objetivo
Explicar o princípio da Acão e Reação segundo  a visão espírita.

Estudo
1-Leia com atenção estas palavras:  “Mete a tua espada no seu lugar; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão” (Mateus 26:50).
PERGUNTAS: A) A lei da ação e reação está nestas palavras bem definida por Jesus, de modo bem simples? B) Quando se deu este episódio?  C) Mesmo num momento de extrema tensão pelo qual  passava, o Mestre preocupou-se em novamente ensinar e preparar seus apóstolos?

2-Leia com atenção estas palavras: “ Não vos enganeis; Deus não se deixa escarnecer; pois tudo o que o homem semear , isso também ceifará”. (Epístola de Paulo aos Gálatas, 6:7).
PERGUNTAS: A) Com a palavra tudo Paulo chamou o homem à reflexão sobre seus mínimos atos? B) Qual outro alerta Paulo nos deixou bem claro com relação à justiça de Deus?  C) São aceitas negociatas, barganhas?

3-Sendo infinita a justiça de Deus, o bem e o mal são rigorosamente considerados, não havendo uma só ação, um só pensamento mau que não tenha conseqüências fatais, como não há uma única ação meritória, um só bom movimento da alma que se perca, mesmo para os mais perversos, por isso que constituem tais ações um começo de progresso.(O Céu e o Inferno, cap.7, &8)
PERGUNTAS: a) Pelo texto acima, o valor do pensamento é insignificante em relação aos atos cometidos, pois não produz estragos, correto?   b) Podemos considerar pelo texto que existe uma atenção especial de Deus para aproveitar todo o SEU caminhar em direção a ele?
4-Toda falta cometida, todo mal realizado é uma dívida contraída que deverá ser paga; se o  não for em uma existência, sê-lo-á na seguinte ou seguintes, porque todas as existências são solidárias entre si. Aquele que se quita numa existência não terá necessidade de pagar segunda vez. (O Céu e o Inferno, cap.7, &9).
PERGUNTAS: A) A paga de uma falta cometida se efetiva numa reencarnação, correto? B) Faltas são resgatadas na erraticidade (condição de espírito não encarnado) ? C) Pode acontecer de uma falta ser paga numa reencarnação, mas persistir no lado espiritual uma cobrança por parte de espíritos prejudicados pela falta?

5-De duas espécies são as vicissitudes da vida, ou, se o preferirem, promanam de duas fontes bem diferentes, que importa distinguir. Umas têm sua causa na vida presente; Remontando-se à origem dos males terrestres, reconhecer-se-á que muitos são conseqüência natural do caráter e do proceder dos que os suportam. (ESE Cap.5, it4)
PERGUNTAS: A) A paga de uma falta pode se dar na própria encarnação? B) Estas pagas são por programa de reencarnação ou resultado do uso do livre arbítrio? C) Baseado nos seus conhecimentos, expliquem o fluxograma abaixo.
Bibliografia:
O Céu e o Inferno - Kardec
Evangelho de Mateus - Novo Testamento
Evangelho Segundo o Espiritismo - Kardec